Caxangá

Mas existe uma mão divina quando estou explodindo, implodindo, expandindo ou encolhendo. Não é um processo simples, aquele que leva toda essa correnteza a atravessar a branca nuvem, e, então, transformar-se em ode. Os antigos as louvavam, e nunca as esqueciam, e o som da voz do trovador não era acaso. Elas habitam nosso mundo, e sem elas o que faríamos nós?

A paixão é um sentimento poderoso, seu princípio, seu domínio. O amor é a estrada, continuidade, sua canção. Eis que alguns passados são presente, e musa é a aparição que converte sentimento em perfeita matéria. Repassado pode significar “passado adiante”, e então observamos que a ligação entre domínio e estrada é essa, paixão que retorna suavemente em intervalos de prazer. Musa que devolve as pessoas novamente, e novamente, para as mãos do amor.

Os caminhos do Amor são perfeitos.