Um ultimo postzinho antes das ferias do blog…

O vento ocidental muda
é um paradoxo
eu defini a distância
entre mim e o mal.
eu encontrei páginas de meu livro

Caminho por uma estrada
é tudo tão diferente, tão passional…
resolvi crescer
um pouco mais falso e bastante normal
diante do espelho estou sempre sorrindo

Mas não se engane
não acredite em mim
sou mentiroso e mereço o inferno
deprecio minha propria imagem
e as vezes sorrio sincero quando erro.

A vida repentinamente muda
e tem que ser assim, com zelo
resolvi viver meu carma
meu olhar cruel torna-se em arma
me divirto em meu desespero