O Sol hoje nasceu derrepente
uma nova alma é uma nova-mente
uma outra alvorada
o brotar da semente

Já pedi a Deus e espero
não sei mais o que eu quero
espero que não seja do meu jeito
furioso agressivo e mal-feito

O final de tudo se resume em pranto
e a fatalidade é normal
onde é que encontro um novo sorriso?
para onde foi meu anjo letal?