O herói

Momentos geram poesias também, e palavras fazem história. Temos então a chave para a imortalidade, e devemos saudar Aquiles, que por saber disso tem seu nome aqui lembrado. Temos então momentos que, quando poéticos, eternizam-se, criando o que aqui chamamos Repassado. Mas nem sempre tais momentos são exultantes, o que pode ser atestado por nossos inúmeros personagens ancestrais que nos servem como recomendação para cometermos novamente seus erros. Quando se repassam sofrimentos, o poeta se apóia na crença de que a capacidade de abstrair e refletir profundamente sobre os problemas, transformando-os em versos, é um dom concedido para poucas pessoas. É no orgulho de possuir tal dom que está a reação, uma resposta à amargura. O poeta é o herói do herói.