Distância

Ano passado, a viagem até Mato Grosso do Sul.

Ir até alguém, ver essa pessoa. Procurar a pessoa que você acha que conheceu pela internet na pessoa real que você está vendo. Perceber que ela olha para você à procura. Reconhecer-se.

Pode ser que tudo seja verdade, mas infelizmente era mentira.

Momentos antes de conhecê-la, no shopping, fui abordado por uma garota.

— Oi, oi… Colega, minha amiga quer conhecer você.

Isso nunca aconteceu em minha vida… Mas eu estava determinado em olhar nos olhos de Babi pela primeira vez, e na mesma hora recusei.

— Olha, não posso, estou saindo agora para encontrar uma pessoa.

Saindo dali, determinado, vou até o orelhão e ligo para o celular dela: — Estou aqui no Shopping, do outro lado da rua. Ela responde na mesma hora que já está na pizzaria.

Rodeada por amigas, todas de mãos dadas. Uma roda que se desfez com minha chegada.

—Oi…