Felizes perdidos

E na realidade

imoralidade.

 

Nosso povo

que não sabe

onde cair morto

felizes perdidos.

 

A princesinha do mar

só vai até a janela

falta-lhe vontade.

 

Seremos definidos

pelos hormônios

enquanto anônimos

ganham renome.

 

E nós empobrecemos

sendo como novela

reenganados.

 

Afundados,

e na imoralidade.