Pro dia Nascer Feliz

prodianascerO filme “Pro dia nascer feliz” aborda vários adolescentes de regiões e classes sociais distintas. É importante lembrar que a adolescência é um período marcado pela instabilidade, não só porque o jovem está sofrendo grandes transformações de ordem biológica, mas também porque tem de equilibrar o aprendizado que recebeu da família com aquilo que a escola e os grupos sociais formados na escola oferecem.
A dinâmica social tem grande influência sobre a relação do aluno com os “conteúdos” do programa, e o filme “Pro dia nascer feliz” mostra um recorte da realidade em que os alunos procuram e aprendem efetivamente tudo aquilo que os encaminhe na direção de uma vida que julgam ser “uma vida feliz”. A jovem do interior sorri e mostra-se esperançosa com relação ao futuro por causa das poesias que escreve, o rapaz da escola próxima à favela permanece estudando porque tem esperanças de que o grupo musical do qual participa seja caminho para um futuro melhor, a professora do interior de São Paulo luta contra o próprio sistema de ensino para dar alguma esperança aos alunos e até mesmo a menina de classe média alta entra em conflito quando o fato de ser estudiosa atrapalha sua vida social.

A produção de um fanzine pelo grupo da escola do interior de São Paulo é um exemplo de acolhimento dos interesses dos jovens pela escola. A escola deveria a todo tempo trabalhar no relacionamento desse “conteúdo” que oferece com a vida que os jovens levam. O que acontece é que normalmente o que se aprende na escola parece dissociado da vida dos jovens, mas a verdade é que o relacionamento do que se aprende na vida com o que se aprende na escola é intenso. Talvez o problema seja a forma de ensinar.