Solidão

Esse meu mundo inexistente.
Sonhado
tão,
mais,
melhor.

É consistente.

E brinco com caraminholas
imóvel ao canto das praças
as gentes são transparentes
fora as moças, presunçosas,
que cortam minha frente.

Eu, que atraio os indigentes
Mendigos
muito
mal
tratados.

Estou contente.