Dois melhores textos do facebook, logo após a derrota da seleção de futebol.

Não perdeu o Brasil. Perdeu a seleção brasileira de futebol. O time da CBF, de muito desvinculada do que deveria ser o sentimento cultural de brasilidade. Além de acompanhar e torcer pelo Brasil em várias modalidades desportivas- Basquete, vôlei, ginástica, remo, dentre outras- sou Brasil e, sobretudo, brasileiro, não por ser do país do futebol- até porque minha nação é mesmo a rubro-negra e ponto- mas por ser o país da literatura maravilhosa que possui, da língua riquíssima e apaixonante, inda mais na variedade brasileira, da fantástica pluralidade cultural, do cenário intelectual em clara expansão, etc. O Brasil é um apaixonamento arrebatador. O país não sucumbiu. Isso não estava ou não deveria estar em jogo.

Anderson Ulisses

Brasil, não se envergonhe com resultados de futebol. Envergonhe-se de sermos campeões em corrupção. Não se sinta humilhado por gols sinta-se triste de termos uma educação medíocre e uma ciência que se arrasta. A violência das nossas ruas não ficaria melhor se a nossa seleção marcasse mais ou menos gols. Brasil olha pra cima: independente de copas e campeonatos. Levanta a sua bola e valoriza mais profissionais de ensino que atletas. Vamos demonstrar mais alegria em descobertas científicas do que em eventos esportivos. Por mais importantes que seja o esporte: não faz uma nação melhor. Amanhã vestirei verde e amarelo sem o menor problema. Minha bandeira está esperando acabar a euforia e vai se estender para momentos realmente cívicos.

Naelton Araújo