Talvez você ainda

O suor
daqueles que acreditamsalt-facts-1
usurpado por risadas cheias,
de burra cheia.

O mal aqui sempre vence?

Mas existem os poucos
e os prezo por terem pesado,
posto à quilo.
Empoderarão
pro dia nascer.

O sofrer
daqueles que por mim gritam
massacrado em banquetes fartos
superfaturados.

Mas existem os poucos:
são os presos por terem pensado.
Por aquilo
que poderão
um dia fazer.

Você ainda vai acreditar,
e pesar, gritar…
Quem sabe ousará pensar.