Paixão

É uma covardia, é injusto
Sei do custo de fazer comigosofrimento
Eis aqui meu ex-único amigo
Você não quer me encontrar
E as mentiras eram verdades.

Sei que não sei limites
Eu tenho sede, não margeio
E o mundo inteiro, com certeza
Caberá dentro de minha cabeça
E as mentiras eram verdades.

O que separar desse empreender?
Como esquecer o que guardei?
Perdido contigo, na sala do Rei
E as mentiras eram verdades.

Consumação em minha mão não há
Dissolvemos em espírito

Porque me desamparas,
Deus não meu?