A companhia de Lizbela

Novos rostos, visões e uma improvável descoberta arrastam Lizbela através de lugares que nunca visitara: as terras selvagens e sua alma.

– O que é essa voz que insiste em visitar minha cabeça? – Pergunta-se a menina.

***

– Pedro é um idiota confiante que está mais perdido que eu, mas ela diz que seremos as únicas a compreender, as únicas a ajudar… As únicas a sobreviver?

***

A vida é dura, mas as palavras de Antônio, a ferocidade de Yakekan e os os espíritos de Viriato sempre estarão de prontidão. Liz… Não desista.

https://embed.wattpad.com/story/22565822
Minha diminuta companhia era composta de quatro homens além de mim. Isso poderia representar algum perigo, pois como já mencionei, havia alguma guarda no vilarejo. Mas o conselho de trazer um jesuíta conosco serviu bem a esse propósito e o eclesiástico foi o suficiente para que não despertássemos temor, enquanto a função dos outros era me resguardar de problemas com a viagem pela selva.