Inglês – Noite

Curso de inglês. Turno da noite. Estava eu ali, por pura falta de opções: queria um emprego e não conseguia. Poderia enquanto isso estudar, me aperfeiçoar. A opção mais viável, de acordo com os parcos planos que eu possuía, era fazer um curso de inglês e tentar a longo prazo algo como ser professor ou a curto prazo trabalhar em free-shop (o que tentei mas não consegui). Não tinha feito segundo grau científico e sim técnico em informática, mas meus cursos e investidas como técnico, o que ocorreu em meados de 1998, foram um fiasco. Estava mal, mas como um cãozinho que na falta do que fazer acaba inventando por si só uma tarefa, continuava perseguindo meu próprio rabo… Tinha tentado o vestibular diversas vezes e sem sucesso: direito, comunicação, jornalismo e administração. Algumas tentativas feitas mais de duas vezes…

Enfim… Era um curso de inglês dinâmico, as pessoas falando o tempo inteiro, empurradas pela professora ultra motivadora. Repentinamente, nesse dia, sem que eu no mínimo desconfiasse, o assunto virou matéria (ou a matéria virou assunto, sei lá) e cada aluno começou a explicar “in english”, que faculdade estava cursando e em que área. Afundei na cadeira: as pessoas começaram a gabar-se automaticamente de suas respectivas faculdades públicas e carreiras promissoras. Seriam arquitetos, engenheiros, advogados, médicos. Eu não seria nada, não consegui passar e não tinha dinheiro para pagar minha própria faculdade.

As pessoas foram dando seus depoimentos, sempre muito positivos, uma espécie de pré-timeline do facebook. Chegou a minha vez. Não sabia em quantos vestibulares fora reprovado, nem quantos currículos tinha entregue. Inventei uma coisa qualquer, que tinha trancado matrícula… Nesse dia cheguei em casa humilhado, subi as escadas e me escondi sob o lençol para chorar.

Hoje vejo meu diploma de nível superior e ele me parece um pedaço de papel dentro de um plástico. Eu tenho orgulho dele. Eu tenho certeza de que só existe esse papel no plástico por causa daquele dia, no curso de inglês, turno da noite.