Um dia

(Jaciara Gomes)Sabe? Um dia, não me lembro quando, eu era criança ainda, minha mãe me chamou e disse: -Jaciara, tá vendo aquela estrela grande do lado da lua? -Qual mamãe? Ela disse: -aquela ali que onde a lua vai ela vai junto, é a estrela D’alva. Quando eu já não estiver aqui, olhe para ela…

Ode ao burguês

(Mário de Andrade) Eu insulto o burguês! O burguês-níquel, (…)

Poema de natal

(Vinícius de Moraes) Para isso fomos feitos:Para lembrar e ser lembradosPara chorar e fazer chorarPara enterrar os nossos mortos –Por isso temos braços longos para os adeusesMãos para colher o que foi dadoDedos para cavar a terra. Assim será a nossa vida: Uma tarde sempre a esquecerUma estrela a se apagar na trevaUm caminho entre…