Nós

Os nossos desejos, pães doces, recheados de queijo.   Como são bonitos! Nossos sonhos são coloridos.   Um sofá, uma parede café da manhã com ou sem leite.   Eu te amo na resolução das diferenças na crença e na descrença.   Nossos desejos coloridos Nossos cafés tão diferentes.

Caxangá

Mas existe uma mão divina quando estou explodindo, implodindo, expandindo ou encolhendo. Não é um processo simples, aquele que leva toda essa correnteza a atravessar a branca nuvem, e, então, transformar-se em ode. Os antigos as louvavam, e nunca as esqueciam, e o som da voz do trovador não era acaso. Elas habitam nosso mundo,…