Ode ao burguês

(Mário de Andrade) Eu insulto o burguês! O burguês-níquel, (…)