Terno vermelho

(Jefferson Sarmento) – A gente tem vida de trote, mas quando aparece o homi do terno vremeio, aí cê num manga do vigário não que é hora de acertá as conta. Segura esse misera aí, Baguio. O jagunço agarrou o Juvenal pelas bolas e fez o rapaz se ajoelhar de dor. Mas Zé Baguio teve…