Jorge Amado – Cantiga pra ninar Malvina

Cantiga para ninar Malvina Jorge Amado Gabriela cravo e canela – Capítulo Terceiro Dorme, menina dormida Teu lindo sonho a sonhar. No teu leito adormecida Partirás a navegar. Estou presa em meu jardim Com flores acorrentadas. Acudam! Vão me afogar. Acudam! Vão me matar. Acudam! Vão me casar. Numa casa me enterrar Na cozinha a…

Felizes perdidos

E na realidade imoralidade.   Nosso povo que não sabe onde cair morto felizes perdidos.   A princesinha do mar só vai até a janela falta-lhe vontade.   Seremos definidos pelos hormônios enquanto anônimos ganham renome.   E nós empobrecemos sendo como novela reenganados.   Afundados, e na imoralidade.

Veracidade

Meu povo tu será eu seremos nada nosso três é mundo e meu sumo é escuro procurando tudo só.   Nosso povo sou agora e sou só todo o nosso sumo terço, trava, turvo encontro tardio rio e algema, navio.   Nosso povo é um e são três todas as pessoas uma pessoa só sozinha…