A prece

Eu preciso, ando precisando… De um toque divino, conto. Ando sobre o quebra-mar e apenas Geni tem beijos ardentes sobre a areia suja na praia da Guanabara

As mais apaixonadas ilusões

Estes textos, que chamo de Repassado, são os cinco cadernos que escrevi quando não estava jogando Pitfall ou River Raid, quando voltava da escola e ouvia uma fita cassete (K7), na qual tinha gravado o precioso “Quatro Estações”, que não era do Vivaldi e, sim, da Legião Urbana. Cinco cadernos escritos antes e depois de…

Solidão

Esse meu mundo inexistente. Sonhado tão, mais, melhor. É consistente. E brinco com caraminholas imóvel ao canto das praças as gentes são transparentes fora as moças, presunçosas, que cortam minha frente. Eu, que atraio os indigentes Mendigos muito mal tratados. Estou contente.